segunda-feira, novembro 6

Chegou a altura

É chegado o momento devido de falar no Benfica. Faço-o por amizade. Por carinho aos meus bons amigos sportinguistas e portistas que insistem em meter-se connosco, agarrados aos miseráveis jogos de início de época, à gaffe do departamento médico com o Rui Costa, ao Veiga, às orelhas do Vieira, à expressão sofrida do Fernando Santos, ao Fernando Santos, aos bilhetes que o Fernando Santos passa ao Nuno Gomes, enfim, a todos estas pequenas peças que abrem o jornal da noite da TVI. Por vezes, muitas, esquecem-se mesmo de assistir a jogos.

Abram a pestana, meus.

Novamente vem à baila o seguinte: Entre a equipa com futuro do Paulo Bento e o potencial a 60% do Jesualdo, o Benfica é a única equipa já feita. Já está pronta a consumir, abram bem os olhos para isto pá!

Viram bem o Nelson, de há cinco jogos para cá? Não, claro. Pois olhem, esteve nos golos todos. Aviso de amigo. Viram o perverso requinte dos passes do Miccoli? É evidente que não viram. O Miccoli... Eu só não falo dele porque lhe atraio, não tarda, mais uma lesão muscular e o homem já joga há quase um mês seguidinho. O Katsouranis, uma das poucas pessoas que sabe jogar à bola neste país, digo-vos eu. Façamos assim: da próxima vez que o virem a fazer merda (uma que seja) pago um jantar em restaurante à escolha do vencedor. É só mandarem um email. O Simão Sabrosa, esse, nota-se à légua quando está em forma. Pronto, não vou pôr-me a enumerar treze ou catorze jogadores. Fica só isto: temos melhor equipa que vocês, ouviram? Resta-vos a esperança de termos o Fernando Santos, mas, por outro lado, neste particular ninguém se fica a rir.

Bem hajam.

2 comentários:

b-site disse...

Talvez, talvez. Mas repara: "Petit, após passe de Miccoli, tira um adversário da frente, e remata cruzado para o segundo golo dos encarnados". Há aqui um problema de sintaxe: "Petit" e "tira um adversário da frente" são duas expressoes que não podem aparecer na mesma frase. Muito estranho tudo isto (quase tanto como o outrora vosso Alex ter um dia chegado à selecçao).

Le Fante disse...

Bom, Daniel, isso é quase desonesto. Como na patinagem é sensato retirar da equação os extremos. Aberrações como 'Petit tira adversário do caminho' não devem ser levadas em consideração. Da mesma maneira (mas com sinal inverso) que não é produtivo dar demasiado destaque àquele golo do Lampard contra o Barcelona.

Reconheço no entanto que tudo isto é muito estranho. Da minha experiência, penso que o Fernando Santos deve estar a tentar perceber com todas as forças o que raio está a acontecer para o Benfica jogar assim e, mal o descubra, voltaremos ao Benfica que vocês previram.

Repara como ele já tratou da defesa, que era um sector simples e que até se safava em outros tempos. Não é fácil, meu caro.

Resta-me uma esperança. Aquele mau-feitio dos jogadores pode prolongar todo este momento estranho por mais uns meses.