segunda-feira, novembro 27

O dia em que Kramer passou a ser apenas o pequeno Michael Richards

2 comentários:

ho disse...

Este vídeo, mais que embaraçoso, é muito triste. Principalmente para seinfeldianos radicais.

Malgré ça, e numa abordagem mais desinteressante e parcial, foi muito burro. Se tivesse feito umas piadas sobre rednecks ou withetrash ou crackers. Agora usar a "n word"...

Cleopatra disse...

isto é que é levar à letra o "perdido por 100, perdido por 1000..."